Datas Comemorativas - 31 de outubro

31 outubro 2012
Hoje volto com mais uma data comemorativa. Juro que tinha outras datas para o mês de outubro, mas acabei deixando passar. Todo mundo sabe o que tem dia 31; Halloween! Então antes de tudo um feliz dia das bruxas para todos. Espero que tenham separado a fantasia de vocês, ainda não sai com a minha, mas estou preparando.
Selecionei para a data livros que li e que já vi alguma resenha de vampiros e bruxas ia colocar também zumbis e fantasmas, porém vou me limitar aos outros.

Os Vampiros já eram bastante procurados, mas vamos combinar que ganharam destaque após a Saga Crepúsculo. Só não podemos esquecer os outros livros.
Insaciável   A Caminho da Sepultura   Vampiro Secreto   Crepúsculo
                                            Origens Aura Negra Vampiros de Manhattan 

E as Bruxas não ficam muito atrás, o mais famoso é o Harry Potter.
               Harry Potter e a Pedra Filosofal A Iniciação Hex Hall A Descoberta das Bruxas

Só para dizer que não indiquei algum com Fantasmas tem a série A Mediadora, também da Meg Cabot que já li e gostei muito, estou pensando em reler para resenhar aqui o que acham? E claro Zumbis.
            A Ascensão do Governador Louras Zumbis Orgulho e Preconceito e Zumbis

E também tem aqueles livros com vários monstros misturados como Formaturas Infernais, Cidade dos Ossos...
          Dezesseis Luas Nascida à Meia-Noite Formaturas Infernais Cidade dos Ossos  

Boa leitura para vocês, não se esqueçam dos caninos de vampiros e de suas vassouras!  

O Caso Dos Dez Negrinhos, por Agatha Christie

27 outubro 2012
O Caso Dos Dez Negrinhos

O Caso dos Dez Negrinhos, de Agatha Christie
Record, 218 páginas
Dez pessoas com passado escuro são convidas a passar o fim de semana na Ilha do Negro por um misterioso Sr. Owen anfitrião que nunca se dá a conhecer. Quando na primeira noite ouve-se uma voz das paredes da sala, acusando-os por crimes que levaram as mortes de outras pessoas. O pânico começa a partir da situação e fica cada vez pior com as mortes inexplicáveis que se sucedem.
Um livro pequeno dividido em pequenos capítulos, com certeza essa não será uma de minhas melhores resenhas já que tem um tempinho que li o livro, então me perdoem pela escassez de detalhes (até mesmo os importantes). Este foi o primeiro livro que li da autora, ela que tem tantos títulos interessantes. Me recomendaram alguns outros livros dela (que por acaso nem me lembro os títulos), mas como vi uma resenha positiva deste no Romances e Leituras resolvi pegá-lo na biblioteca da minha antiga escola.
Narrando a história de dez pessoas que vão para uma ilha como mencionado na sinopse, convidados por um senhor misterioso do qual eles só sabem o nome. As pessoas não se conhecem exatamente e não sabem o porque do convite. Eles são acusados por crimes que não foram levados a julgamento por um tipo de gravação que sai das paredes da sala no primeiro jantar. Todos ficam chocados sem saber o que fazer. E para piorar a situação, de um em um eles vão morrendo de formas inexplicáveis seguindo uma canção infantil dos dez negrinhos.
Aos poucos o livro nos apresenta cada um dos dez, os tais crimes e suas mortes segundo a cantiga. As discussões são bem detalhadas e o mistério é bem presente. O que mais instiga é a tal canção que é como o ponto do livro, a inspiração do assassino justiceiro.
Nunca havia lido um livro policial, e acho que nunca mais li um. E estava aqui lendo minha antiga resenha no papel do livro, uma observação que fiz ano passado que ainda vale: este é um livro que não consegui ainda comparar com nenhum outro.
É uma mistura de curiosidade, medo e suspense. Você fica louco para a autora contar logo que é o assassino misterioso, levanta as questões das pessoas: será que existe mesmo um Sr. Owen? Quem será o próximo a morrer? E, como escapar? Estou acostumada (e acho que muitos também) a ler livros onde somos apresentados aos dois lados da moeda, os mocinhos e o vilão, e neste livro não, nem ao menos temos mocinhos já que as acusações feitas são duvidosas. Agora uma coisa posso garantir, o vilão é realmente inesperado. Me deu até vontade de reler o livro, porque não lembro muita coisa. Gostaria de acrescentar mais detalhes, mas não me recordo.
Recomendo a leitura, a narração é agradável e mesmo por ser um livro um pouco antigo não é necessário a companhia do amigo Aurélio. Uma trama envolvente que aguça a curiosidade. Encontrado facilmente em sebos e bibliotecas.  

Resultado da Promoção Entre Amigos Blogueiros

21 outubro 2012
                             
A primeira vencedora que terá que escolher 3 livros dos 5 é a Thayse Quadros, e a segunda vencedora que levará os outros dois é a Luiza Helena Vieira.
a Rafflecopter giveaway
Obrigada a todos que participaram, o sorteio foi muito bacana e fiquei muito contente com a participação de vocês. Na hora de gerar o resultado foi um sacrilégio, porque o tanto de pessoas que poderiam ter ganhado foi imensa. Refiz o sorteio muitas vezes, a maioria delas porque o participante não deixou um comentário em nenhum dos blogs.  Ufa! Passando essa dificuldade encontrei duas vencedoras, já enviei o email e estou aguardando resposta.


E aqueles que não ganharam! Não desanimem, tem muitas promoções nos blogs participantes e aqui no Viajando ainda não temos uma nova, mas mês que vem comemoramos um ano tem motivo melhor para comemorar?
Então venho aqui também para saber o que preferem:
Opção 1: Promoções diversas durante o mês;
Opção 2: Um desafio (não muito desafiante) durante o mês, mais promoções.

Confesso que estou animada com o desafio, mas isso quem decide são vocês! Deixe abaixo se preferem opção 1 ou 2! Até a próxima.

Playlist #12

20 outubro 2012
Continuando no clima dos videos de serie, hoje trago para vocês mais dois videos. Series super viciantes!

Primeiro é da serie Teen Wolf, vídeo do casalzinho fofo da serie, Allison e Scott.
                           
 

Segunda é da serie Once Upon a Time, video que mostra um pouco sobre todos os casais da série. Super demais, vocês vão adorar.
          

Radiante, por Alyson Noël

18 outubro 2012

Radiante, Vol. #1 Série Riley Bloom; de Alyson Noël
Intrínseca, 184 páginas
Algum tempo após o acidente de carro que a matou, Riley Bloom deixou sua irmã, Ever, no mundo que conhecemos e atravessou a ponte da vida após a morte até um lugar chamado Aqui, onde o tempo é sempre Agora. Riley reencontrou os pais, também vítimas do desastre, e Buttercup, o cão da família. Todos estavam se adaptando a uma morte boa e tranquila, até que ela foi chamada perante o Conselho e um segredo lhe foi revelado: a pós-vida não significa simplesmente uma eternidade de lazer. Riley tem tarefas a realizar. Ela é designada como Apanhadora de Almas, e Bodhi, um garoto diferente, que ela não consegue decifrar muito bem, é seu guia.Riley, Bodhi e Buttercup voltam à Terra para sua primeira tarefa: fazer o Menino Radiante, que há anos assombra um castelo na Inglaterra, atravessar a ponte. Muitos Apanhadores de Almas já tentaram convencê-lo e não obtiveram sucesso. Mas isso foi antes que o menino conhecesse Riley...
Este livro como já disse na citação não estava no meu plano de leituras, mas peguei ele para ver se me dava um impulso e ele foi uma grande surpresa para mim! E depois de ter lido a série Os Imortais (apesar de ainda faltarem dois para terminar) já me considero fã da Alyson Noël, a autora soube inovar de uma forma cativante que me surpreendeu.
Riley morreu com o pensamento de que era cedo, que ainda não havia vivido o suficiente. Na duvida entre atravessar a ponte e ir atrás da irmã que sobreviveu ao acidente ela acabou perdida. Porém mesmo que não aceitasse ela estava morta e tinha que seguir adiante, assim ela tem que se adaptar ao seu novo lar no Aqui. Após passar pelo estranho Conselho ela descobre que além de ter um guia, Bodhi, ela tem tarefas a fazer!
E é nessa premissa que o livro se desenvolve, Riley uma garota de 12 anos de idade nos convida para sua aventura após a pós-vida e contrariando algumas opiniões e o meu próprio julgamento do livro, gostei muito! A leitura correu bem e não só pelo fato do livro ser curto, mas por ser uma leitura leve e agradável. A personagem é bastante divertida, e houve momentos em que me pareceu mais madura que a idade que logo esquecia por ser uma garota petulante, daquelas que tem sempre uma palavra na ponta da língua. Uma característica engraçada da mesma, foi sua insistência em agir como se fosse uma consultora de moda, se estivesse vaga no “Esquadrão da Moda” saberia que ela seria perfeita para apresentar.
Os outros personagens são pouco abordados, já que a ênfase foi dada a ela, o cão e Bodhi. Do cachorro não teve muito o que se dizer, mas o guia, Bodhi senti que faltou algo, algo que não fosse apenas as criticas da garotinha. Também senti certa rapidez em falar do Conselho, mas nada que atrapalhasse o entendimento.
O livro tem uma boa diagramação além de uma capa fofa, tem algumas parte ora frases ora simples palavras que são marcadas em itálico, tenho certo preconceito com o itálico em livros por conta do tamanho, mas nesse em específico não tive muitos problemas. Encontrei alguns erros, mais de pontuação que de português.
Os capítulos bem curtos foram divididos de uma forma bem bacana, que me deu ainda mais vontade de saber o que aconteceria. A série foi muito bem iniciada e recomendo a qualquer idade, é uma aventura doce e equilibrada. Fico curiosa em saber o que a autora reservou nos outros volumes, pois fiquei com algumas dúvidas e suspeitas na cabeça em relação a Riley e Bodhi, coisa que não vou falar aqui (mas acho que já deu pra entender).


Citações #12

16 outubro 2012

Essa semana decidida a desenrolar com minhas leituras peguei um livro que não estava no começo da fila de leituras e tomei como se fosse o meu maior desafio, porque o que anda acontecendo comigo é o que chamo de preguiça. Não estava conseguindo pegar um livro e ler num bom ritmo o que acabava retirando o meu interesse e isso vem desde o livro “Paixão e Liberdade” que estava lendo no começo do mês passado, levei a leitura deste pelas coxas e ele mal tinha 200 páginas. Peguei “Sereias” e foi a mesma coisa, mas o pior foi que empaquei total em um capítulo e isso não é coisa do livro e sim minha.
Fugindo um pouco de livros de parcerias, livros nacionais que tenho que ler e enviar para a Vivi e postar a resenha conjunta peguei o “Radiante” ontem e até que a leitura está evoluindo, estou devorando cada palavra. E acho que este era o impulso que eu precisava, porque as coisas não estão saindo do modo que estive planejando em muitos setores da minha vida, mas isso não é assunto de ser tratado aqui.
Retomando o citações, selecionei um deste que estou lendo para vocês terem uma ideia básica de como será a resenha.
- Dez? – Fiquei boquiaberta, alternando o olhar entre o castelo e Bodhi. Mal podia acreditar em minha sorte. Esse garoto, esse garoto fantasma assustador tinha apenas dez anos? – Ah, por favor... – Eu ri, balançando a cabeça e permitindo-me revirar os olhos lenta e dramaticamente. – Eu me lembro de quando tinha dez anos. – Afastei a franja do rosto, endireitei os ombros e alisei a saia, preparando-me para entrar. – E onde está ele? Onde está esse garotinho assustador de dez anos de idade? Leve-me até ele. Tem uma viagem para Londres me esperando. (Página 79)
Para quem não sabe Radiante é o primeiro livro da Série Riley Bloom, da mesma autora da série Os Imortais, sendo Riley (a personagem principal) irmã da personagem principal da outra série, Ever, da Alyson Noël.
Bom espero que tenham gostado da citação, e este livro, o Radiante está na nossa Promoção de Amigos Blogueiros que encerra dia 21 de outubro (domingo agora) e também têm outros livros lá. Se ainda não está participando clique AQUI ou no banner na barra lateral.
Até a próxima.



Poesia do dia #11

15 outubro 2012
O PRAZER DE LER 

Mais do que palavras, ler é saborear
Histórias tristes e belas, cenários de encantar
Mais do que ciência, ler é experimentar
Ler é sobretudo prazer… prazer de ler
Ler é não ter medo, ler é liberdade,
Ler é ser honrado, ser nobre, ser elevado
Ler é viajar, por terra, por rio e mar
Ler é sobretudo prazer… prazer de ler
Ler é ser capaz, ler é ser audaz
Ler é arriscado, por isso tem cuidado
Ler é vaguear de dia ou ao luar
Ler é sobretudo prazer… prazer de ler
Ler é mais que tudo o que possas imaginar
Ler é ser alguém, alguém que tem para dar
Dar e receber, dar para viver
Ler é sobretudo prazer… prazer de ler

Entrevista com Camille Storch

14 outubro 2012
A algum tempo não trazemos uma entrevista aqui no blog, gostamos de fazer entrevista com os nossos autores parceiros, e também após ler o livro deles, então surgiu uma proposta e hoje trago para vocês essa entrevista com a autora Camille Storch autora de “Negro Amor” um de nossas resenhas conjuntas (você pode conferir a resenha aqui).
A entrevista está bem bacana, as respostas da Camille me cativaram pela sinceridade e fofura! E gostei muito da dica para os novos autores. Confira abaixo.

1. Para iniciar; quem é Camille Storch?
Bem, para falar a verdade eu não sei exatamente quem eu sou, eu ainda estou tentando me achar. Mas no dia-a-dia, sou uma pessoa tranquila que adora imaginar coisas e que às vezes fica um pouco avoada de tanto ficar sonhando.

2. Sempre recebeu apoio para prosseguir com essa carreira? Quem te incentivou?
Sempre tive apoio da minha família e dos meus amigos, claro que alguns criticam suas historias mais do que os outros, mas quem mais me incentivou foi minha avó e meus pais, mas principalmente minha avó que escutou desde a primeira pagina da história.

3. No seu livro "Negro Amor" diz que a história foi desenvolvida quando tinha 14 anos, desde pequena foi um sonho ser escritora?

Quando eu era pequena, não sabia o que era um sonho para seguir, na realidade, eu tinha meus sonhos de criança de querer viver em um mundo de fantasia, nunca havia pensado em carreira ou algo que eu queria fazer da vida. Apenas comecei a pensar o que queria ser com doze, treze anos, quando um professor falou para a classe que tínhamos que pensar no futuro e no que queríamos ser.

4. Caso lembre-se, como surgiu a ideia do livro? De onde buscou e busca inspiração para escrever?
A ideia do livro surgiu após eu terminar de ver um anime (animação japonesa), que eu realmente gostava, mas o final foi decepcionante, então resolvi escrever minha própria historia, onde eu decidia o final. E as inspirações vieram dos animes, que eu vejo até hoje e dos filmes.

5. Como foi o processo de escrita e publicação do livro?
O processo não foi a coisa mais fácil do mundo, porque a primeira vez que eu escrevi eu apenas “joguei” as ideias no papel, depois eu pedi ajuda de uma revisora, que me falou que eu precisava separar o livro em capítulos, ai sim, eu comecei a escrevê-lo de verdade. Basicamente escrevi o livro duas vezes. Eu não cuidei pessoalmente da publicação, para falar a verdade quem foi atrás da editora foi a minha mãe, que me apoiou no instante em que eu falei que eu queria publicar minha historia.

6. Niti e Tsuki são personagens ricos, com forte personalidade e carisma; eles ou algum outro personagem tem características de pessoas que de fato conhece ou são frutos da imaginação?
Niti e Tsuki são as pessoas que eu queria ser e queria ter em minha vida. Quando eu escrevi sobre a Tsuki, queria ser exatamente como ela, doce, delicada, gentil e sempre ver o lado bom do outro; já Niti era o namorado perfeito, que fizesse tudo por mim, principalmente as pequenas coisas, que ninguém repara no dia-a-dia.

7. No desenrolar da história vemos os personagens em constantes aventuras, como se desenvolveu essas cenas?
Eu não sei ao certo, sempre que eu começava e começo a escrever, as cenas vem em minha mente como um filme. No livro “Negro Amor” eu não pensava em cada cena antes de escrever, eu simplesmente achava que naquele momento poderia acontecer uma coisa com as personagens.

8. O que espera passar para quem lê este livro?
Eu espero passar para todos que lerem meu livro, que não importa as dificuldades, você é capaz de superá-las.

9. Vemos muitos autores nacionais em busca de reconhecimento, teve dificuldades para se 
firmar no mercado editorial nacional? Como encara essa situação?
A dificuldade no mercado editorial é tremenda e, se firmar no mercado não é fácil, para falar a verdade nem sei ao certo se estou completamente firmada. Eu acho que existe muitos livros bons de vários autores nacionais e internacionais. O autor tem  que lutar pela historia que ele escreveu e cada vez mais divulgar seu livro para mais e mais pessoas lerem e conhecerem suas histórias.

10.Pretende escrever outros livros?
Eu já escrevi uma trilogia, que pretendo lançar no final de 2012, começo de 2013. E estou escrevendo um quinto livro. Acho que viciei em escrever.

11. Qual dica você dá para os futuros escritores?
A única dica que eu posso dar é que vocês tem que acreditar em suas histórias, porque se você não acredita ninguém vai.
Obrigada Raquel e o Blog Viajando com Livros pela entrevista, adorei!
Beijos, Camille Storch

Então o que acharam? Nos diga abaixo =)

Estrela Píer, por Kamila Denlescki

13 outubro 2012

Estrela Píer, de Kamila Denlescki
Novos Talentos, 235 páginas (Parceria)
Lucia Píer Eli venceu um concurso para conhecer o astro Hollywoodiano mais cobiçado pelas mulheres e pelos paparazzis, o ator inglês Richard Clevehouse. Ela embarca na ânsia de viver em Londres dias inesquecíveis. Lúsica sabe que em breve terá que voltar para a sua vida em São Paulo. Mas nem tudo será como ela pensa.
O livro conta a história de Lucia Píer Eli, bibliotecária mora com sua avó e sua irmã mais nova, Lara. Certo dia ela vê uma matéria sobre um concurso que lhe daria a chance de conhecer seu astro favorito por quem é apaixonada, o Richard. Mas não se anima pois acha que nunca teria chances de ganhar, ela comenta com sua avó sobre o concurso e sua avó escreve a carta se passando por ela. Chega o dia do resultado e Lucia recebe uma ligação informando que ganhou o concurso e que já pode arrumar as malas para viajar. Após horas de viajem chega a hora de conhecer o seu grande amor, mais nem tudo acontece como ela tanto sonhou. Durante o jantar começa uma perseguição de uma organização que quer a Lucia de qualquer forma, ela fica sem entender nada, dai começa sua fuga com Rick e seu amigo Robert. Sua vida vira de cabeça pra baixo, mais Rick explica aos poucos tudo sobre suas verdadeiras identidades, coisas surreais sobre eles e toda sua família. 
O livro realmente lhe deixar com o coração acelerado nas horas de fugas, demorei um pouco para ler por conta do meu tempo, estou bastante ocupada esses dias. Mais garanto que é um livro bem divertido de ler. O final lhe deixa com um gostinho de quero mais, não sei se vai ter continuação mais seria maravilhoso.
Espero que vocês tenham gostado, um maravilhoso fim de semana para todos. Desculpem o nosso sumiço, o nosso tempo esta muito corrido mesmo. Vamos tentar melhorar  e aguardem que estamos preparando surpresas.  Beijinhos e até mais...

Datas Comemorativas - 12 De Outubro

12 outubro 2012

- Mãe como se escreve rinoceronte? É com M de Maria, ou com N de barco?
(Rayssa, 6 anos – Fonte Blog Frases de Crianças)


Como todos já sabem hoje é dia 12 e vou aproveitar a data comemorativa para iniciar uma coluna aqui no blog de datas. Além de Dia das Crianças e da Nossa Senhora Aparecida, vocês sabiam que hoje é o Dia Nacional da Leitura?
Mesclando dia das crianças e da nossa leitura resolvi dar algumas dicas de livros já lidos, acredito que quase todos já resenhados aqui, no blog onde temos a presença marcante de uma criança (infelizmente não encontrei nenhuma birrenta HAHA)

Em A Última Música conhecemos Jonah pequeno porém esperto mostra no início do livro suas artimanhas com a irmã, mas vemos que só o que ele quer é uma família em paz e unida, Jonah é um garoto alegre pela vida que procura ver pai e irmã em harmonia. Uma escrita muito boa de Nicholas Sparks e quem tem preguicite temos uma adaptação (que digo, não é nem de longe a mesma coisa que ler o livro).

Em Pollyanna temos a própria Pollyanna, uma garota doce que está sempre feliz e procurando uma forma de fazer todos sorrirem. Uma garotinha órfã de pai e mãe e que ainda assim tem muita força e garra. Um livro que sempre recomendo aqui no blog, e um livro que marcou a minha infância e que apesar de ser antigo não tem necessidade de ter um dicionário do lado e que muitos ainda leem e se encantam com a doce personagem de Eleanor H. Poter.

Em Beijada Por Um Anjo (a série) de Elisabeth Chandler somos apresentados a Philip que no começo me pareceu bastante petulante, mas era apenas por conta da mudança, afinal que gosta da sensação de seu pai ou mãe ser substituído? O menininho muito novo ajuda muito sua irmã Ivy nos três primeiros livros e tem um humor que me fez dar boas risadas, podemos reconhecer essa característica logo nas primeiras páginas do livro um no casamento, quem já leu sabe do que falo. Uma série que recomendo, pelo menos até o livro três me agradou bastante, não posso dizer o mesmo do quatro e o cinco ainda não li para tirar uma conclusão.

Em A Rosa do Inverno Jeremy tem um tio que deve assumir o título de duque da Inglaterra, mas como o titio não quer ele procura o garoto para assumir por ele. Um garoto órfão que mora com a tia que o não o que rodeado de riquezas, infelizmente aqui não temos Jeremy tão a mostra apesar de ser um personagem importante na trama, e sim o casal dos tios do menino, até na minha resenha poupei o garoto e falei apenas do casal (que absurdo!), mas me recordo (ao contrário do que li) que ele era um garoto educado que queria brincar e não assumir o título de coisa alguma! Um livro YA, caliente que recomendo sem dúvida alguma, também da Patrícia Cabot.

Espero que tenham gostado das dicas e da nova coluna, nos perdoem a falta de conteúdo no blog, andei bastante atribulada esses dias e lamento ter que dizer que talvez fique pior, mas tentarei voltar a postar diariamente!








Comente neste post e seja o Top Comentarista de Outubro.


Playlist #11

06 outubro 2012
Olá, Viajantes! Como vocês estão?! Ontem a Raquel postou varias dicas de series, todas maravilhosas. Hoje venho trazer para vocês um Playlist especial, com videos sobre duas series para vocês conhecerem um pouco mais sobre elas. Garanto que vão adorar!!! Indico todas as series. ;)

Video da serie The Vampire Diaries, com uma musica linda e imagens de Elena e Stefan, casal super lindo.


video

Video da Serie The Secret Circle, com uma musica super romântica e cenas de Jack e Cassie, cenas simplesmente perfeitas.



Simplesmente perfeitos os videos... Espero que vocês gostem. Semana que vem trago novos videos, um maravilhoso fim de semana. Beijinhos

Qual assistir?

05 outubro 2012
Mais de cinquenta séries por ai e você ainda não sabe qual assistir? Tentarei ajudar!
Depois que assisti as temporadas 1, 2 e 3 completas de Diários de Um Vampiro acompanhar outras séries tem sido uma atividade divertida e prazerosa! Assim como livros, dou risadas, fico angustiada, tenho raiva e até mesmo choro. E como TVD foi a primeira que vi toda é a primeira que irei comentar.

Diários de Um Vampiro é uma das séries mais conhecidas atualmente pelos jovens, uma adaptação do livro de mesmo título da autora L.J. Smith. Sua primeira temporada começou em 2009 e agora em outubro inicia-se a 4ª, o que os fãs esperam? Que a série mantenha o seu ritmo de romance, suspense, ação e fantasia. Porque afinal quem não gosta de uma boa trama envolvendo os famosos vampirinhos e um triângulo amoroso?! Me peguei vendo a série cada vez mais e estou ansiosa para saber o que virá agora, recomendo para quem gosta do gênero e só lembrando que a série aborda temas bem teen não espere situações muito maduras.

The Secret Circle outra série que acompanhei esse ano e que gostava muito, uma trama de bruxas também adaptação de um livro de mesmo nome da mesma autora que citei acima. Romance, mistério e muito segredo rondavam essa série que infelizmente foi cancelada por falta de audiência, e acredito que não vai voltar por agora. Recomendo, e talvez assim como eu você se arrependa de ter assistido e chegar no final o último episódio e ver que ainda tinham muitos buracos para serem tapados, ou seja, fiquei cheia de dúvidas e a certeza de que não vão ser respondidas!

Once Upon A Time uma série que assim como as outras é cheia de fantasia, um mundo onde os contos de fadas são reais e a maior arma é o amor. Sei o que deve estar pensando, que a série é melosa e chatinha, engano seu a personagem principal é bem “macha” e todo o doce pode ser rapidinho salgado. Começou esse mês a segunda temporada, vi hoje o primeiro episódio e essa temporada promete.

Nikita sim eu assisto essa série. Das já citadas essa é a única que não envolve tanta fantasia. Nesta série você vê a personagem principal (que tem como nome o mesmo da série) e sua parceira em busca de justiça a um grupo formado pelas costas do governo que treina jovens para matar e morrer (ou é assim que vejo). Tem bastante ação, tem romance também, mas não é ponto principal da trama. Estou aguardando a terceira temporada, que para ser sincera não sei se já saiu ou quando vai sair.

Teen Wolf uma série de lobisomens bastante fofa, sim eu disse fofa! Nesta o romance é sim muito explorado, assim como também a amizade, vemos os personagens super preocupados uns com os outros e é uma senhora amizade! Ação, suspense e mistério. Essa tem até a segunda temporada e não sei qual a previsão para a terceira. Essa é a única das que citei que cada temporada tem 12 episódios e não 22, mas aqueles que são preguiçosos como eu, não se intimidem dê uma chance.

Para não deixar o post muito longo vou deixar outras para falar depois, mas ainda tenho Game Of Trones, Merlin (que comecei a ver agora), True Blood, Supernatural, V-Visitantes... Nem sei mais, quem quiser me indicar séries, ou está com aquela dúvida de assistir uma manda pra mim que posso ver! Hahaha
Amanhã tem Playlist de séries, espero que gostem, eu sempre fico ouvindo essas músicas que eles colocam nas trilhas sonoras, tem umas que são boas.

Top Comentarista - Outubro

04 outubro 2012

A algum tempo que quero fazer um Top Comentarista no blog, com marcadores ou livros, mas presentear quem comenta por aqui, mas nunca fiz não sei exatamente porque. Decidi hoje (agora para ser mais exata haha) fazer um para o mês de outubro.
Anunciei na page do blog que o livro do mês seria Mundo Das Sombras que disse que comprei em uma das minhas caixinhas do correio, estava meio receosa de colocar porque talvez tenha um sorteio com esse mesmo livro ainda essa mês ou no próximo, mas e se tiver o que tem? São duas chances de ganhar certo!
Bom, como tenho de ser justa terei de fiscalizar aqueles que comentarem apenas algumas palavras como “Legal”, “Gostei” valerá apenas comentários construtivos, e lembre-se: não quero apenas que no elogie, sua critica também é construtiva!
A contabilização será feita pelo próprio blogger, se não der farei a mão mesmo ok! Começa a partir deste post, e tentarei postar diariamente como fazia antes, pois sei como é entrar e não ter novidades. Agradeço a todos vocês leitores e espero que gostem da novidade, espero manter o Top agora.]