O Caso Dos Dez Negrinhos, por Agatha Christie

27 outubro 2012
O Caso Dos Dez Negrinhos

O Caso dos Dez Negrinhos, de Agatha Christie
Record, 218 páginas
Dez pessoas com passado escuro são convidas a passar o fim de semana na Ilha do Negro por um misterioso Sr. Owen anfitrião que nunca se dá a conhecer. Quando na primeira noite ouve-se uma voz das paredes da sala, acusando-os por crimes que levaram as mortes de outras pessoas. O pânico começa a partir da situação e fica cada vez pior com as mortes inexplicáveis que se sucedem.
Um livro pequeno dividido em pequenos capítulos, com certeza essa não será uma de minhas melhores resenhas já que tem um tempinho que li o livro, então me perdoem pela escassez de detalhes (até mesmo os importantes). Este foi o primeiro livro que li da autora, ela que tem tantos títulos interessantes. Me recomendaram alguns outros livros dela (que por acaso nem me lembro os títulos), mas como vi uma resenha positiva deste no Romances e Leituras resolvi pegá-lo na biblioteca da minha antiga escola.
Narrando a história de dez pessoas que vão para uma ilha como mencionado na sinopse, convidados por um senhor misterioso do qual eles só sabem o nome. As pessoas não se conhecem exatamente e não sabem o porque do convite. Eles são acusados por crimes que não foram levados a julgamento por um tipo de gravação que sai das paredes da sala no primeiro jantar. Todos ficam chocados sem saber o que fazer. E para piorar a situação, de um em um eles vão morrendo de formas inexplicáveis seguindo uma canção infantil dos dez negrinhos.
Aos poucos o livro nos apresenta cada um dos dez, os tais crimes e suas mortes segundo a cantiga. As discussões são bem detalhadas e o mistério é bem presente. O que mais instiga é a tal canção que é como o ponto do livro, a inspiração do assassino justiceiro.
Nunca havia lido um livro policial, e acho que nunca mais li um. E estava aqui lendo minha antiga resenha no papel do livro, uma observação que fiz ano passado que ainda vale: este é um livro que não consegui ainda comparar com nenhum outro.
É uma mistura de curiosidade, medo e suspense. Você fica louco para a autora contar logo que é o assassino misterioso, levanta as questões das pessoas: será que existe mesmo um Sr. Owen? Quem será o próximo a morrer? E, como escapar? Estou acostumada (e acho que muitos também) a ler livros onde somos apresentados aos dois lados da moeda, os mocinhos e o vilão, e neste livro não, nem ao menos temos mocinhos já que as acusações feitas são duvidosas. Agora uma coisa posso garantir, o vilão é realmente inesperado. Me deu até vontade de reler o livro, porque não lembro muita coisa. Gostaria de acrescentar mais detalhes, mas não me recordo.
Recomendo a leitura, a narração é agradável e mesmo por ser um livro um pouco antigo não é necessário a companhia do amigo Aurélio. Uma trama envolvente que aguça a curiosidade. Encontrado facilmente em sebos e bibliotecas.  

10 comentários:

  1. Um monte de gente fala desse livro, eu particulamente n me interesso a ler ele.
    Não sei pq, não me disperta curiosidade :// (mesmo tendo suspense q um dos meu generos favoritos) Talvez pq é um pouco antigo... não sei u.u

    ResponderExcluir
  2. Olá Raquel! Sua resenha ficou ótima, deu pra sentir bem a "essência" do livro. Entretanto, não me imagino lendo um livro policial como esse!
    Beijos,

    Letícia
    www.odomdaescrita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Que nada, sua resenha tá ótima, achei o titulo do livro meio engraçado, mas infelizmente esse tipo de livro não chama minha atenção

    ResponderExcluir
  4. Sabe que eu nunca li um livro dessa autora??

    Nao sem bem porque! Minha mae tem varios livros dela, incluindo essa da resenha, mas eu simplesmente nunca me animei. Quando era pequena tentei ler um (qualquer coisa de cianureto, acho), mas abandonei e nem sei por quê. Me arrependo um pouco disso, sabia? Talvez eu deva tentar ler novamente e talvez eu comece com O Caso dos Dez Negrinhos, já que ele foi tao bem recomendado xD

    =**

    ResponderExcluir
  5. Nossa eu amo esse livro, já faz uns 15 anos que eu li, mas nunca me esqueço dele!

    parabéns pela resenha! bjooos

    ResponderExcluir
  6. AAh, e tem meme no blog para você! bjooos

    ResponderExcluir
  7. Gosto da autora, mas esse foi um dos livros dela que ainda não li, resenha motivadora, vou ver se compro, mesmo que seja de sebo, adoro essas capas antigas da Agatha \o

    Beijinhos Raquel \o
    Vivi
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  8. eu nao li esse livro, pra ser sincera nunca li nada da autora.
    espero ler um dia
    ^^
    gostei da resenha

    ResponderExcluir
  9. Eu adoro esse livro, to tentando achar essa versão dele da foto a um tempo. Se alguem tiver e quiser vender, entra em contato comigo, Jonathan_6566@hotmail.com

    Há, a resenha ficou ÓTIMA !! ;)

    ResponderExcluir
  10. Essa é a primeira vez que ouvi falar desse livro...
    Eu sempre tive curiosidade em ler livros da Agatha Christie, pois sempre vejo críticas positivas a respeito de suas obras.
    Ao ler essa resenha fiquei ainda mais curiosa em ler as obras da autora, afinal, livros de suspense e mistério me interessam muito.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar e volte sempre !