Poesia do Dia #17

15 janeiro 2013
Olá, Pessoal! Hoje trago uma poesia que diz exatamente como me sinto com os meus livros. :) E vocês, o que sentem quando estão lendo?! 


"Eu, por exemplo, gosto do cheiro dos livros. 
Gosto de interromper a leitura num trecho especialmente bonito e encostá-lo contra o peito, fechado, enquanto penso no que foi lido. Depois reabro e continuo a viagem. (…) Gosto do barulho das paginas sendo folheadas. Gosto das marcas de velhice que o livro vai ganhando: (…) a lombada descascando, o volume ficando meio ondulado com o manuseio. Tem gente que diz que uma casa sem cortinas é uma casa nua. Eu penso o mesmo de uma casa sem livros.”

(Martha Medeiros)Devo confessar que a cada dia estou gostando mais e mais de poesia... rsrrs Espero que vocês tenham gostado. Aguardo os comentários. Uma semana maravilhosa para todos! Beijinhos 

7 comentários:

  1. Esse poema simplesmente definiu tudo que sinto quanto estou lendo. Amei mesmo. Nunca tinha visto nada parecido. Beijinhos, StarGirlie.

    www.babistargirlie.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Devo dizer que não é diferente comigo em relação ao que você sente.Um livro pra mim é uma viagem onde você conhece mundos diferentes,ate viaja para lugares do qual você nunca imaginou existir.Também adoro abrir um livro e poder sentir seu cheiro,principalmente aquele cheiro de um livro a muito tempo guardado,dá a impressão de entrar em uma década onde você não foi privilegiada a ver.
    Acho que se fosse para definir um livro eu o definiria como um passaporte com escalas e uma paixão incompreendida!

    Adorei seu poste!!!!!!!

    Beijokas Ana Zuky

    ResponderExcluir
  3. Aaai amos os trechos da Martha Medeiros... Sãoo tão lindos e verossímeis que deixa qualquer um de boca aberta.
    Nada melhor que o cheiro dos livros, o folhear das páginas as marcas de dedo na qual vai se adquirindo...
    Amo muito tudo isto.
    Gostei da poesia. Beijos

    ResponderExcluir
  4. eu amo post com videos assim me encantei com esse!

    ResponderExcluir
  5. Nossa, acho até que foi eu que escrevi ein?! hahaha Cheirar os livros é uma mania minha, minha mãe acha que sou louca, mas sou totalmente apaixonada por isso, e também por abraçá-los e essas coisas XD Chamo-os de filhos e tudo, talvez eu esteja um pouco louca, mas é assim que funciona comigo! haha

    ResponderExcluir
  6. Acho que essa poesia descreve exatamente como eu sou quando leio, o barulho das páginas e marcas do tempo nos livros trazem emoções indescritíveis. Creio que todo leitor de verdade se relaciona com livros dessa maneira,com esse amor. Martha Medeiros não poderia ter escolhido melhor forma de traduzir isso!

    ResponderExcluir
  7. Amo essa poesia. Martha Medeiros sabe se expressar em relação ao falar de livros.

    Bjs...
    http://assuntosobrelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar e volte sempre !