Barco de Papel

21 junho 2013

Sonhar
Mais uns sonho impossível
Lutar
Quando é fácil ceder
Vencer o inimigo invencível
Negar quando a regra é vender
Sofrer a tortura implacável
Romper a incabível prisão
Voar num limite improvável
Tocar o inacessível chão
É minha lei, é minha questão
Vira esse mundo
Cravar esse chão
Não me importa saber
Se é terrível demais
Quantas guerras terei que vencer
Por um pouco de paz
E amanhã, se esse chão que eu beijei
For meu leito e perdão
Vou saber que valeu delirar
E morrer de paixão
E assim, seja lá como for
Vai ter fim a infinita aflição
E o mundo vai ver uma flor
Brotar do impossível chão.
(Aproveitando o ensejo... - Chico Buarque)

É natural do ser humano esperar que uma situação se desenrole exatamente como ele a descreve em sua mente, como sonhou por dias até que aquela segunda, ou quarta-feira chegue.
Como uma entrevista da qual deseja muito e após pensar nas várias questões que terá que responder, e aceitar que, sim, você está preparado, só falta receber o sinal positivo do novo chefe.
Uma história que surgiu na sua mente e está inteira em sua memória, começo, meio e fim e você já está planejando terminar um livro inteiro com suas trezentas e tantas páginas, com uma capa de dar orgulho com o seu nome em caixa alta estampado bem na frente em apenas um mês.
A sua primeira ida ao cara de jaleco branco que vai atenciosamente olhar os seus dentes e lhe dizer que precisará de um aparelho para pequenos ajustes necessários para que isso ou aquilo não ocorra no futuro. E então você espera que seja por apenas alguns meses.
Para todas essas coisas, apesar de acreditarmos muito, sempre tem um lado de nossa consciência que nos mostra o que talvez possa acontecer, ou que o que não vai acontecer. Você pode não ser contratado para aquele sonhado emprego, ou pode não acabar um livro digno de ser lido em apenas uma noite. Seu tratamento no dentista provavelmente vai durar muito mais que três meses e isso vai incomodar apesar das cores coloridas formando um belo arco-íris em sua vida.
Esperanças que apesar das incertezas, sempre são mantidas até sorrirmos triunfantes ou que caiamos de uma vez no frio do inconsolável não. Mas não é isso que dizem da vida, quem nem sempre conseguimos o que queremos? Porém isso não é motivo para se enfurnar na sua casa, vestir-se como um qualquer e passar o resto da vida chorando pelo leite derramado em cima da sua cama vendo pessoas bem sucedidas passarem na televisão esboçando sorrisos mais brancos que o globo do seu olho.
Após a queda, podemos até choramingar um pouco, isso é inevitável, podemos nos questionar, afinal são tantos “Por quê?”. Mas na hora que o barco cair na água gelada, e quando ela te abraçar, se desvencilhe, não se questione ou lamente o tempo todo do porquê não deu certo. Seque o barco e o deixe novo o quanto antes para poder começar a navegar novamente em busca dos seus desejos e de seus sonhos, é preciso estar preparado para prosseguir e persistir. 
Quis falar sobre isso porque tenho passado por situações assim, com vontade de desistir, ano passado fui fraca para aceitar que não conseguia mais e hoje vejo que se eu tivesse persistido um pouco mais teria conseguido. Então digo isso para mim, e também para vocês que não acreditam que seu sonho possa se tornar real, porque ele pode sim, basta querer e acreditar!

9 comentários:

  1. Sempre!
    Nunca desistir é meu lema pessoal!
    Beijos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  2. Oi Raquel!

    Linda mensagem. É sempre fácil desistir e nos desanimar. Algumas vezes quando persistimos e nos surpreendemos com o que conseguimos no fim é que vemos o quão importante é buscar essa força. E essa música do Mestre Chico. Fantástica!

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto, Raquel! Parabéns...
    Simplesmente arrasou e me deu um chá de ânimo.
    Como te contei, estava meio desanimado... =/
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Lindo, lindo texto...É sempre mais facil desistir, mais quando lutamos mesmo sem tem um pingo de força nos surpreendemos ^^
    Um Beijo, Brubs
    Livros de Cabeceira
    @IWannaRuffles

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Eu ameio seu texto é lindo demais,a sua mensagem é tão perfeita que caiu como uma luva no momento em que estou atravessando.
    Bjs!
    http://pocketlibro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Raquel,

    Adorei seu texto. Realmente, devemos sempre levantar com mais vigor a cada queda.

    Beijos,
    http://www.segredosentreamigas.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Foi bem o que aconteceu comigo nesta semana, planejei várias respostas para possiveis perguntas numa entrevista e no fim fui surpreendido, por qual livro estava lendo, e acredite, acabei não sabendo responder. Por isso que é melhor deixar que as coisas aconteçam e nunca desistir.

    Lucas / Era uma vez

    ResponderExcluir
  8. que texto lindo foi esse? *--*
    não podemos desistir de nada, senão não chegamos a lugar nenhum nessa vida. Mesmo quando tudo dá errado ;x

    beijoss
    http://meuvicioliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Achei lindo o texto e concordo com você.
    Temos que passar por certas coisas para vencermos outras futuramente.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar e volte sempre !