Quando a adaptação conta outra estória bem diferente

13 julho 2013

O titulo conta a mais pura verdade que eu vivencie mês passado? Talvez. Enfim, hoje vamos conversar sobre uma das adaptações mais decepcionante dos últimos tempos. O filme: O Guia do Mochileiro das Galáxias.

Fui bombardeado com propagandas, resenhas e dicas de vários amigos sobre a série e todas de forma positiva, não resisti e acabei comprando a coleção dos livros escrita por Douglas Adams e até o momento li o primeiro volume. A coleção consta de cinco livros escritos pelo autor e recentemente mais um livro foi lançado escrito por outro autor usando os rascunhos de Douglas.

O livro se propõe a ser uma ficção cientifica com aventuras que passa entre planetas, constelações, naves ou qualquer canto do universo, melhor dizendo, da galáxia. A escrita do Douglas tem um humor leve e ao mesmo tempo reflexivo que não faz o leitor perder o interesse no livro.
Os personagens principais foram construídos com bastante cuidado e atenção, mesmo se considerar a grande diferença entre eles (Humano e Extraterrestre). Além deles, os secundários não deixam nada a desejar. Sempre em livro de humor, aparece àquele personagem que sempre rouba as ultimas cenas e nesse livro não foi diferente com as frases depressivas do robô mais apaixonante do mundo o Marvin.

Quando terminei a leitura devo confessar que me tornei fã viciado, não me sentia confortável em saber que existia um filme e estava perdendo à oportunidade de ver a obra do Douglas em filme. Infelizmente o meu desejo não foi conquistado pela realidade.

Os personagens principais tinham sim as características descritas pelo autor e conseguiam expressar os momentos de humor da mesma forma que eu imaginei no livro. Porém a personagem secundaria, Trillian estava completamente diferente. A descrição no livro me fez lembrar uma mulher indiana ou no estilo oriental. Visando apenas uma boa jogada de marketing, colocaram uma das atrizes com características típicas de uma americana.

Falando sobre o desenvolver da estória, foi possível perceber pequenas semelhanças ao enredo do filme. Porém a maior parte surgiu da cabeça dos responsáveis pela adaptação e roteiro (acredito que tenha acontecido isso até agora).

Os primeiros minutos do filme segue próxima a estória escrita no livro por Douglas, porém pequenos detalhes (quem leu atentamente o livro percebeu) como, por exemplo, a cena narrada no livro entre Ford Prefect e o Chefe da demolição, o super carregamento de cerveja e amendoim pra todos os operários, as duas cabeças de Zaphod, foram modificados o que me deixou um tanto frustrado.

Lendo algumas resenhas do filme, percebi que a maior das reclamações foi a mistura de outras partes dos livros presente no primeiro filme. A ideia que recebi alguns spoiler sem ter vontade alguma de conhecer me desagradou profundamente. Por causa de todos esses problemas que eu consegui identificar, o filme se tornou maçante e em alguns momentos fui tentando a não assistir. A coisa mais bacana no filme (Depois de Marvin é claro) foi à presença do Guia do Mochileiro das Galáxias e as cenas que ele aparecia sempre eram engraçadas.

Apesar de todos esses problemas, acho que o filme é um pouco divertido e ficaria muito bem colocado na seção da tarde ou quando você está entediado e não sabe o que fazer pra tentar abstrair. Não sei se indicaria o filme, por que não gostei. O produto final infelizmente não me comprou e fica difícil indicar algo que você mesmo não gosta, penso que o filme deveria ser reescrito e buscar mais conexão com o livro. Porém, o livro é muito bom. Fiz resenha no Skoob e indico completamente o livro.

Bom é isso, espero que vocês tenham gostado do texto um tanto cheio de desagrados, mas nem tudo é flores e positividade. Quero saber a opinião de cada um de vocês e vamos conversar mais sobre o filme e livro nos comentários.

Recado Rápido:

Quero agradecer a todos que leram e comentaram o meu primeiro post. Fiquei feliz e me senti muito bem acolhido no blog. Fiquei preocupado sobre o que escrever já que todos gostaram do anterior. Até o próximo sábado.

12 comentários:

  1. Olá, eu sou grande fã do Guia do Mochileiro das Galáxias, mas nunca vi o filme. Lendo os livro, sempre tive a impressão de que ele não poderia ser filmado satisfatoriamente. por melhor que fosse o filme, muita coisa ali não pode ser transportada para as telas. Por isso, fiquei só com a leitura, que é fenomenal!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Rita, Eu achei o primeiro livro muito bom. Acho que o principal erro dos roteiristas, foi diminuir muita coisa do livro - colocar coisas de outros. Tem detalhes bestas, que foi alterado como falei antes. Mas acredito que é sempre assim, se você leu acaba gostando mais do livro kk's

      Excluir
  2. Ainda não li os livros e também não assisti ao filme, estou super desatualizada. Como eu gosto de ler os livros antes de ver os filmes, vou esperar uma daquelas lindas promoções do Submarino para aproveitar. Adoro resenhas de comparações "livro x filme" :P

    Um beijo, Karine Braschi.
    Geek de Batom. (@geekdebatom)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHA' Eu sei como é isso, eu comprei a minha coleção na promoção de 24hrs do submarino. Espero que tenha gostado dessa também :)

      Excluir
  3. Eu gosto desse filme!
    Claro que nem nem a metade da inteligência de Adams quando se esta escrevendo, mas pra mim super valeu assistir.
    Já li o primeiro e o segundo. Empaquei no inicio do terceiro, mas uma hora sai.

    Adorei a postagem!

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ainda tenho que continuar com o meu novo vicio. Obrigado por dizer que gosto udo post isso é positivo pra min. te mais :)

      Excluir
  4. Nem sabia que tinha filme desse livro. ashauhauaha Enfim, gostaria de ler e assistir para tirar minhas próprias conclusões.
    Pegarei emprestado o livro com uma amiga e depois assistirei. :D
    Bj

    ResponderExcluir
  5. Vish >< estou completamente em dúvida de assistir ao filme agora T.T
    Terminei de ler o livro recentemente e baixei o filme pra assistir, mas não assisti ainda por falta de tempo =/

    Estou com medo desses spoilers dos outros livros (se bem que eu gosto muito do Marvin no filme T.T) Mas quem sabe eu assista ainda .-.

    http://www.umomt.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho esse problema, de ler e imaginar as cenas na minha cabeça. Acho que esse foi o principal fator que me fez ficar descontente com o filme. Assim, o filme não foi bem coerente com o primeiro livro e tem spoiler. Mas assisti sim, o projeto gráfico e bacana.

      Excluir
  6. Muito chato quando isso acontece! Mas, como vc mesmo falou, marketing! Infelizmente o mundo gira em torno de dinheiro e, talvez acreditando que manter o mesmo enredo, a mesma história do livro, não fosse ser suficiente, os diretores resolveram apelar colocando atores, ainda que secundários, que os aproximassem mais de seu público alvo.
    Enfim, nunca vi esse filme e nem me interessei por ele... ainda mais depois do seu post!
    Beijos,
    Nica
    http://www.nicasdrafts.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Isa,(posso te chamar assim querido, pq já espetou me sentindo íntima kkk) fiquei aqui pensando no seu texto e relembrando as adaptações de livro que me deixaram com esse sentimento de decepção que vc ficou.
    Eu ainda num li O Guia do Mochileiro das Galáxias, mas um amigo meu comprou a coleção completa recentemente e está lendo. Logo quando ele começou a ler o primeiro livro, ficou super empolgado e viu que tinha o filme. Eu disse pra ele segurar a onda e ler pelo menos dois volumes pra partir para o filme e claro, não ir com tanta sede ao pote, pq as vezes, os filmes são completamente modificados.
    Já morri de raiva com um filme adaptado por conta disso. Tristão e Isolda por exemplo. Uma das coisas mais importantes do livro foi totalmente ignorada no filme. O diretor preferiu dar outra versão ao amor de Tristão e Isolda, o que me deixou tremendamente chateada.
    Outra coisa ferrada, foi o irmão da bruxa em Branca de Neve e o Caçador. No livro o cara era descrito super lindo e imaginei ele um Deus grego, só que no filme, escolheram um ator horrendo pra interpretar.
    Poxa, fala sério, pq esses diretores fazem isso conosco?
    Vc já deve ter imaginado a minha ira quando vi o filme neh? Mas o que quero dizer é que vc não está só na sua frustração e apesar de ficarmos eufóricos por ter a possibilidade de ver nossos personagens favoritos ganhando vida na telona, nada garante que vai ser de maneira fiel.
    Bjokas querido e adorei o post!

    www.lerepensar.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gil, Não tem problema pode chamar sim.
      Pois é, Acho que quando ficamos viciado em uma serie queremos sempre o melhor que possa acontecer em adaptação (melhores atores, melhores cenários, melhores roteiristas e etc.). Eu culpo um pouco essa frustração por que foi eu mesmo que criei tanta expectativa. Fiquei decepcionado com outras adaptações também, mas é sempre assim, vai ser complicado agradar a todos.
      te mais e obrigado por gostar do post :)

      Excluir

Obrigada por comentar e volte sempre !