Azul é Para Pesadelos, por Laurie Faria Stolarz

05 setembro 2013

Azul é Para Pesadelos, por Laurie Faria Stolarz
Bonobo Teen, 288 páginas
Eu conheço o seu segredo... O primeiro ano de Stacey no colégio interno não está sendo fácil. Ela não é a garota mais popular do colégio, nem a mais inteligente, sequer a mais bonita. Está apaixonada pelo namorado de sua melhor amiga, e tem um segredo que ameaça arruinar de vez suas amizades. De repente, ela começa a ter pesadelos novamente.

Vi esse livro primeiramente em um grupo de livros, ele não havia sido publicado ainda, então num dia estava precisando comprar mais um livro para completar uma compra e ele estava super em conta.
Stacey Brow está tendo pesadelos novamente, ela já passou por isso e sabe que não é um bom sinal. Anos atrás a garotinha que ela tomava conta desapareceu e quando foi encontrada estava morta, a garota fora assassinada e antes do acontecido ela havia sonhado com ela. Dessa vez os pesadelos são com Drea, sua colega de quarto e grande amiga, ela não sabe o que está para acontecer, mas sabe que vai estar usando o seu tênis amarelo por isso ela o evita. Por mais que ela use a magia, por mais que recite os feitiços, acenda as velas e use outros ingredientes ela não consegue descobrir nada. O pior não são os pesadelos, mas o que eles causam, Stacey esta molhando a cama todos os dias e tem de encobrir os seus rastros para não virar uma chacota entre as amigas.
Stacey tenta ajudar Drea com o auxilio de Amber uma garota que não é nada discreta e está sempre dando algumas patadas em seu ex PJ, este é um garoto muito engraçado que vive pintando o cabelo para chamar a atenção de Amber. Chad também integra esse grupo, ele é ex de Drea, o relacionamento deles é inconsistente, mas ela não pensa em deixá-lo, tenta até lhe fazer ciúmes agarrando Donavan algumas vezes na frente dele. Stacey não diz nada, mas ela nutre uma paixonite por Chad e eles possuem um segredo, Stacey e Chad se beijaram.
Porém no momento Stacey tem que focar nos seus pesadelos para tentar descobrir quem é que está ligando para Drea e lhe enviando a flor da morte, lírios. Mas fica cada vez mais difícil, há muitos suspeitos e poucas certezas. E fica ainda mais confuso quando Veronica, sua inimiga, diz que também está recebendo telefonemas ameaçadores.
Este é um livro de leitura rápida, apesar dos personagens serem adolescentes em momento algum eles são irritantes. Stacey traz esse diferencial ao mexer com magia, sempre que ela ia recitar ou preparar alguma coisa eu ficava me perguntando o que ela ia usar e sempre me surpreendia, uns ingredientes muitos estranhos. Ela também é uma grande amiga, mesmo gostando de Chad ela respeita Drea e deixa o seu sentimento um pouco de lado, o que é difícil quando ele fica entrando pela janela do quarto ou aparecendo em seus sonhos.
Drea até que me irritou um pouquinho com seus joguinhos com Chad. Amber me tirava muitas risadas, eu nunca vi uma pessoa tão sem noção desse jeito bastante desligada de obrigações e sempre falando o que não se espera, o PJ também não deve bater muito bem da cabeça. Já Chad eu me apaixonei, como todo bom mocinho ele é atencioso e carinhoso, aquele tipo de pessoa que está sempre tentando ajudar mesmo que não esteja ao seu alcance.
Todo o mistério de quem seria o louco do telefone nos prende, são tantos suspeitos que dá raiva pensar que pode ser fulano ou ciclano, a autora conseguiu me confundir bastante. Só fui imaginar quem era quando ele estava perto de ser revelado.
Outros personagens também são levemente abordados, mas quem mais me chamou atenção foi a detetive (que esqueci o nome agora), fiquei fula com ela quando não começou a duvidar da pobre Stacey, mas claro quem iria creditar uma pessoa que diz ter visões em sonhos?

A narrativa é em primeira pessoa toda narrada por Stacey, mas não é cansativa nem repetitiva, a diagramação é simples. Apesar de ter continuação, o livro tem uma conclusão no final o que me faz não ter muita curiosidade para continuar a leitura. Para quem está procurando uma leitura leve, divertida e ágil, recomendo.

7 comentários:

  1. Eu confesso que só de olhar para acapa ue já não me encantei logo de cara, mas a sinopse deixa uma curiosidade no ar.
    sua resenha está ótima!

    Beijos
    http://tamigarotaindecisa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o livro, mas agora eu preciso ler. As vezes os livros com personagens adolescentes são melhores que com os adultos.

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olha, já coloquei várias vezes na cesta de compras e desisti, mas confesso que é um livro que desperta minha curiosidade, magia é sempre um ótimo elemento nas tramas, pena que é série e estou com tantas em casa para completar.

    Bjos!

    ResponderExcluir
  4. Hum,não sei se você me conquistou com esta resenha.Primeiro começo a ler e ter aquela ansiedade para saber mais sobre o assassino.Ai você me vem e diz que a conclusão dele no final não lhe dá animo para ler a continuação,então...
    Mas quem sabe mais a frente eu o leia,ate mesmo porque ele carrega aquilo que me chama atenção e prende,que o suspense e o misterio.Fora a magia da qual você citou.
    Bom vamos ver,vamos deixar rolar,quem sabe eu o leia.

    Parabéns pela resenha!

    Beijokas Ana Zuky

    Blog Sangue com Amor

    ResponderExcluir
  5. Oi Raquel!

    Confesso que não conhecia o livro, mas a trama parece muito envolvente. Como eu adoro um bom mistério sempre fico curiosa. Gostei de todos os pontos que citou que te chamaram a atenção na história e fiquei curiosa com a magia de Stacey. Adorei a resenha.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Raquel *-*
    Eu também não conhecia o livro, apesar da capa ter me chamado bastante atenção não é bem o tipo de livro que me ganha, não sei se me aventuraria na leitura.

    Ahh, vou enviar teu livro segunda ok? Desculpaaaaaa a demora :/ os correios na nova cidade não são moleza, depois te explico.

    Beijocas,
    paixaoliteraria.com

    ResponderExcluir
  7. Sempre tive vontade de ler esse livro. Acho o nome fofo demais e o nome do próximo livro é mais fofo ainda ahuahs: Branco é pra Magia. \o
    Adorei a resenha!
    Beijo

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar e volte sempre !